//
arquivos

José Augusto Hartmann

Esta categoria contém 54 posts

Política

[Texto de José Augusto Hartmann, Cultura Política] Apego-me ao título deste blog, Sociologia Política. Recordo que a política começou a ser formulada pelos gregos, que valorizavam o direito à palavra, ao debate em praça pública – posteriormente helenistas pensaram a representação –, talvez, como a principal atividade que um ser humano poderia realizar… Continuar lendo

We need to talk about Brazil

[Texto de José Augusto Hartmann, Política e Sociedade] Esperou-se uma manifestação simples, facilmente repreendida pela coerção violenta da tropa de choque e pelo discurso reacionário da mídia de massas. Mas, passou-se uma semana e as manifestações ganharam fôlego. Datena ficou pasmado diante da derrota de seus argumentos. Jabor percebeu ser necessário mudar a estratégia… Continuar lendo

Uma democracia

[Texto de José Augusto Hartmann, Política e Sociedade] A política brasileira passa, ao mesmo tempo, por uma estabilização democrática (o que é muito importante) e uma crise ética (o que é preocupante). Estabilizando-se democraticamente, consolida dois grandes partidos que ocupam o espectro “centro” – seja mais para a “direita” ou mais para a “esquerda”… Continuar lendo

Estado e capitalismo

[Texto de José Augusto Hartmann, Instituições e Processos Políticos] Em “Problemas estruturais do Estado capitalista”, Claus Offe pensa, também, sobre a proletarização nas sociedades capitalistas. Tal processo seria caracterizado pela tutela do Estado, que surge como garantidor do desenvolvimento do capitalismo… Continuar lendo

Bolsa escravidão. Ou um texto irônico e de mal gosto.

[Texto de José Augusto Hartmann, Política e Sociedade] Com a aprovação da formalização da profissão de empregados domésticos uma velha crise veio à tona: o Brasil sem escravidão vai acabar? Continuar lendo

Algum cheirinho de alecrim

[Texto de José Augusto Hartmann, Política e Sociedade] No dia 25/04 viu-se aqui no Brasil pessoas lembrarem a beleza da Revolução dos Cravos, quando o fascista Marcelo Caetano (sucessor de Salazar) foi expulso de Portugal (e, infelizmente acolhido pelos generais nacionais). Músicas nas redes sociais, Grândola, Vila Morena ou mesmo Tanto Mar foram repetidas vezes postadas… Continuar lendo

Um novo Estado no Novo Mundo

[Texto de José Augusto Hartmann, Instituições e Processos Políticos] Em 22 de abril de 2013 lembra-se da façanha do navegador português Pedro Álvares Cabral, que, partindo de Portugal rumo às Índias, deu uma esticadinha no seu percurso e aportou em terras que hoje chamamos de Brasil… Continuar lendo

O movimento conservador no Brasil

[Texto de José Augusto Hartmann, Política e Sociedade] Nas últimas semanas acompanhamos a tensão gerada com a entrada do deputado Marco Feliciano na Comissão de Direitos humanos da Câmara dos Deputados. Autoproclamado um político conservador, são-lhe imputadas acusações por racismo e homofobia, o que poderia prejudicar o trabalho de uma comissão que tem o dever de prestar proteção à liberdade e a dignidade humana, especialmente quando alvo de violência. Continuar lendo

O humanismo e a política

[Texto de José Augusto Hartmann, Filosofia] Os humanistas realizaram a defesa de uma nova visão para o estudo de filosofia. Thomas More, considerado um dos maiores representantes do Humanismo do norte europeu será, então, um dos mais destacados desses filósofos… Continuar lendo

Nietzsche e o conhecimento suprassensível

[Texto de José Augusto Hartmann, Filosofia] Nietzsche ironiza a pretensão humana, quando compara a soberba daqueles animais que inventaram o conhecimento e acreditavam ser isso algo muito grandioso, como “o minuto mais soberbo e mais mentiroso da ‘história universal’ Continuar lendo