//
arquivos

a n➐w ame n t e

m e s m O u t r o
a n➐w ame n t e tem escrito 120 posts para Blog de Sociologia Política

Prova Final para entrar em Ano Novo (e Boas Festas)

[Texto de Anovamente, Poesias e Pensatos] a questão é o caminho do meio, não ficar no meio do muro, apedrejando… Continuar lendo

Anúncios

O mundo é triste ( Faça ele não ser )

Publicado originalmente em O eu insólito …:
Ele murmurou uma vez,bem baixo ,quase não pude ouvi-lo.Presumi ser outras de suas frases tristes,nem dei importância. Ele gritou ,de novo, de susto,de dor,de medo, estava sempre fazendo isso,tapei meus ouvidos. Ele chorou ,angustiado,de saudade,de outra vez ter sido abandonado,eu chamei isso de drama.Troquei de canal. Um dia…

MANJADA MARCHA MANCHADA

Publicado originalmente em A Arte Liberta!:
Marcha! Feito soldados, Aécios de papel Se julga revolucionário com atitude lamentável (e cada fantasia horrível) Age brutalmente com a polícia-careta no meio De uma multidão marchando por ‘evolução’ militarizada Nessa mistura tem gente que nem sabe porque está ali Marcha! Feito escravos, impeachment vai pro céu Aceita que…

Estamos CERTOS de que (também) estamos ERRADOS?

[Texto de Anovamente, Poesias e Pensatos] …o resto é ignorância enfeitada de militância. Continuar lendo

O Jeitinho já tá um Jeitão! Sem Jeito mais? (Brasil sil sil)

[Texto de Anovamente, Poesias e Pensatos] A gente sabe do jeito que é, mas não sabe do jeito que tá? Continuar lendo

Não Fã – É Fé

[Texto de Anovamente, Poesias e Pensatos] JE SUIS CHARLIE? Continuar lendo

Finde Ano Chegou e Menas Inverçaõ, Porfavor! Agora Sim!!!

[Texto de Anovamente, Poesias e Pensatos] “Conquistar é confundido com glamourizar… aquele que consome não planta…” Continuar lendo

p o e s i a deVida

[Texto de Anovamente, Poesias e Pensatos] De longe, de pé, de sempre, ‘de migué’… Continuar lendo

Memória longa e Atitude contínua (é o que desejo ao povo – a nós)

[Texto de Anovamente, Poesias e Pensatos] Continuar lendo

“Votar é abdicar”

Publicado originalmente em Razão Inadequada:
“Votar é abdicar” De 1968 até 2014 são 46 anos de pessoas votando: prefeitos, deputados, senadores e presidentes se elegendo. A vida melhorou? Reis e ditadores subiram e caíram, presidentes também; a vida está melhor ou apenas nos afundamos mais no lodaçal que nos acostumamos a chamar de democracia? Falam…