//
você está lendo...
Carlos Evangelista, Cotidiano, Uncategorized

2017: Expectativas e medos

102339_papel-de-parede-nascer-do-sol-costa-central_1600x1200

Praia ainda é a opção de lazer mais procurada pelos brasileiros neste verão. O ano de 2017 começou sem lá grandes diferenças de anos anteriores. Exceto o pipocar de rebeliões nos presídios do Brasil e brigas entre facções criminosas. Assim, melhor mesmo é fazer um amontoado de assuntos que chamam atenção a serem degustados ao longo do ano.

caioba_principal

No litoral do Paraná a temperatura de 35º neste verão mostra que o calor é impossível sem um bom ventilador ou ar condicionado. Mas o sol alerta para o grande risco de câncer de pele a quem mais se expõe, sem a devida proteção solar. E olha que segundo pesquisa, o câncer de pele vem matando uma pessoa dia sim dia não no Paraná. Ainda assim o protetor solar (que deveria compor a cesta básica) é taxado no Paraná em 25% de ICMS. Isso precisa ser repensado. Um bom protetor solar ainda custa muito caro e por isso tantos casos e mortes por câncer de pele.

Ainda falando com olhar no Paraná, mesmo que os casos de dengue tenham reduzido neste início de ano, o assunto exige atenção especial e Paranaguá é alvo por ter sido em 2016, foco da dengue; epidemia que meteu medo na população. Ou seja, todo cuidado é pouco para evitar proliferação da dengue, chicungunha, etc, neste verão de sol quente e chuva bastante.

Indiferentes, aos riscos de contaminação ou proliferação de doenças advindas de picadas de mosquitos, as pessoas se esbaldam nas praias, nas piscinas e as filas se formam por todos os lados, no trânsito, nos restaurantes, hospitais, delegacias, supermercados, farmácias, etc.

Os bancos anunciam redução dos juros para empréstimos, como forma de atraírem clientela. Desconfiar de juros baixos é sempre bom. As economias do Brasil todos sabem é delicada e cada qual deve conter tudo o que puder porque vai precisar. O desemprego continua aumentando e os políticos do Brasil não são confiáveis quando o assunto é pró-povo.

Então, que 2017 seja um ano de labuta dura e que nós brasileiros sejamos complacentes com este lamaçal de roubalheira na esfera pública e que voltemos acreditar em dias melhores. Que assim seja, por que o ano real logo vai começar tão logo passa o carnaval. São muitas as expectativas para o ano que ora inicia.

farofeiro

No âmbito global, Barack Obama fez muita gente chorar ao se despedir da Casa Branca, enquanto o novo presidente dos EUA Ronaldo Trump apavora com suas declarações contra mexicanos e estrangeiros.

Fontes:

http://www.paranagua.pr.gov.br/conteudo/dados-dengue

http://www.blogdaluciane.com.br/tag/dengue/

Carlos Evangelista é jornalista (ESEEI) e especialista em Sociologia Política (UFPR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: carlosevangelistajor - 16 de janeiro de 2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: