//
você está lendo...
Cultura Política, Eder Silva

Será que Temer Treme? A reconstrução da Bastilha e a encarnação de Marat na operação lava-jato

001

Como Jesus, Marat amou ardentemente as pessoas, e apenas elas. Como Jesus, Marat odiou reis, nobres, sacerdotes, vilões e, como Jesus, ele nunca parou de lutar contra estas pragas do povo.

Teremos, nos próximos episódios de nossa “demongracinha”, um novo espírito justiceiro incorporand0-se na alma política brasileira? Ou será apenas uma mera e repetitiva ação voltada para o entorpecimento do consciente coletivo?

Por causa de minha parca sensibilidade nas ciências políticas, basta-me debochar dalgumas infelizes investidas dos fervorosos e religiosamente defensores petistas à operação lava-jato. Visto que encontram-se encarcerados na “bastilha curitibana” figurões esquerdistas e seus lobbistas agregados e, não obstante, temos também lá alguns direitistas, presumo que futuramente haverão mais figurões desta direita que tanto se beneficiou da queda da casa [ou sobrado?] de Lula*.

Deixando pra lá o esconderijo de ladrões – mocambos e sobrados à parte – o que pode chamar nossa atenção nessa nova conjuntura (onde o próprio presidente da relespública encontra-se com seu pescoço prestes a ser guilhotinado) é as chances de uma ressurreição de um certo novo “Marat” que, neste caso, viria a personificar-se no Juiz Moro, aliado ao “Terceiro Estado”** e que é percebido como a esperança do povaréu afoito por novas prisões, podendo incorporar um espírito de justiça social que pode favorecer a construção de uma cidadania mais humana.

De Marat à Moro, um fator a ser destacado, e que muito bem pode ser incorporado à realidade social que se desdobrará nesses turbulentos dias, é um quê de “genocídio à uma determinada etnia que incorporou-se no sistema político brasileiro” ao longo destes 128 anos de nossa história. Nisto vejo o país buscando esperanças em uma ação do judiciário; ação que, ao meu ver, tem sua notoriedade pautada numa meticulosa e responsável lucidez! Digo isto porque posso me arriscar dizendo que a equipe da lava-jato tendeu primeiramente eliminar do cenário político seus agentes para, depois, buscar junto à nação brasileira uma forma ou modelo de sistema político que possa amenizar as chances da corrupção estar arraigada à forma de poder exercida pelo Estado. Ou seja, primeiramente tira-se do cenário os atores responsáveis pela manutenção do sistema corrupto para depois eliminar de vez o próprio sistema que cria espécies diversas de corrupções.

A meu ver, que continuem eliminando político por político deste cenário nojento que se chama republicanismo. O que me interessa é que toda forma de poder corruptível seja extirpado desta nação que clama por desenvolvimento e respeitabilidade.

Não sou partidário. Ainda sou brasileiro!

frase-que-e-o-terceiro-estado-tudo-que-tem-sido-ele-ate-agora-na-ordem-politica-nada-que-pode-emmanuel-joseph-sieyes-123789

* Alusão ao conto de Edgar Allan Poe “A queda da casa de Usher”, onde faço aqui um paralelo à casa presidencial (Palácio do Planalto) como um lugar assombrado. Quando morre uma família, morre também sua morada […]

**o termo Terceiro Estado (em francês: tiers état) indicava as pessoas que não faziam parte do clero (Primeiro Estado) nem da nobreza (Segundo Estado).O Terceiro Estado constituía a maioria da população (+/- 96%) havendo assim cortesãos, burgueses e camponeses. A função do Terceiro Estado era sustentar a sociedade e o Estado. Pagavam, ao contrário do Clero e da Nobreza, impostos ao Estado e também direitos senhoriais. (fonte: Wikipedia)

Anúncios

Sobre Eder Silva

I'm a outsider

Discussão

2 comentários sobre “Será que Temer Treme? A reconstrução da Bastilha e a encarnação de Marat na operação lava-jato

  1. Será que este pessoal da LAVA JATO quer derrubar mesmo a república doa a quem doer? Sinceramente, tenho minhas dúvidas.

    Publicado por Silvio Almeida | 11 de dezembro de 2016, 3:46 pm
    • Olá Silvio, tenho também minhas dúvidas. Mas no contexto atual, cujas instituições já não merecem o mesmo respeito dos cidadãos, tenho também uma certeza: que a lava-jato atualmente é a única instituição no momento que ainda fomenta um pingo de esperança por justiça no consciente coletivo brasileiro. Até o STF já faz tempo que virou um amontoado de demagogias e hipocrisias na mentalidade do povo.

      Publicado por Eder Silva | 12 de dezembro de 2016, 6:53 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: