//
você está lendo...
Carlos Evangelista, Comunicação Política, Uncategorized

Eleições Municipais 2016: O jeito moderno (ou retrógrado?) de conquistar votos

 

002878_bb0f769b58fc48fcbdb719a5791af367-mv2

Comumente se fala entre os eleitores brasileiros, que no atual modelo eleitoral, quem tem mais dinheiro ganha a eleição a vereador, a prefeito etc. Salvo raríssimas exceções. Verdade é  que  o  candidato, uma  vez  aprovado nas  convenções partidárias (este  ano  realizadas  em julho) tem mais é  que acreditar no  seu potencial de  ser  humano,  arregimentar um  bom  tanto  de pessoas voluntárias para  pedir  voto para  ele, o  candidato a  vereador ou  a prefeito,  enfrentar  a língua  afiada do povo,  aceitar  as críticas,  evitar  as promessas  demagogas,  abraçar  pessoas, pegar crianças no  colo e  demonstrar  caridade e amor  com os ricos, remediados, pobres, mendigos, prostitutas,  gays,  desvalidos e outros  tantos  tipos de gente. Obviamente que tudo isso é muito difícil e daí o porquê de estarem sempre acompanhados dos assessores mais próximos, talvez para blindarem dos impactos sociais diante das diversas situações não costumeiras, além gabinetes. Claro que o dinheiro ajuda bastante no atendimento urgente, urgentíssimo, ainda que proibido, de acordo com as novas resoluções do TSE já em vigor para as eleições deste domingo.

Pedidos diversos existem sim no confronto candidato, eleitor, caso contrário como explicar por exemplo as constantes filas nos comitês, além dos cabos eleitorais? Obviamente que essas pessoas vão atrás dos candidatos acreditando na vitória do candidato e delas.

As promessas de emprego (bons salários) existem. Mas essas promessas de emprego continuam sendo proibidas. O negócio é arriscar e investir em linguiçadas, jantares, gasolina, contas de água, luz, receitas médicas, foguetórios, etc. Uma vez eleito, o agora político saberá guiar o seu futuro político, atendendo bem a população, fiscalizando o executivo, visitando comunidades (quando convidado), mas principalmente apresentando indicações e projetos, afinal esta é a função principal de um vereador.

Prefeito ideal

No caso do prefeito, o ideal é aquele que sabe lidar com todas as diferenças e pluralidades que existem em uma grande cidade. Por isso, ele tem que focar em educação, pois, sem ela, como é que vai conseguir construir uma cidade que respeite, as crianças, os jovens, os adultos, os idosos, os negros, os católicos, os evangélicos, os mulçumanos, a comunidade LGBT e todas as outras pessoas? Tudo vem da educação. Sem ela, a gente não faz nada.

eleicoes-2016

Então, o prefeito eleito precisa investir muito na educação pública. Não existe forma mais efetiva de investir em melhorias a longo prazo, em todos os setores, que não comece na educação. É preciso merenda de qualidade, professores capacitados e um sistema de ensino bem estruturado. É isso que abre oportunidades de crescimento, boas chances para ingressar no mundo acadêmico, no mercado de trabalho, mobilidade urbana e demais políticas públicas coerentes com o mundo moderno que as pessoas estão inseridas.

Não raramente o eleitor só quer apertar a mão do candidato, olhar nos olhos, trocar olhares, ser merecedor de um breve momento de atenção. Ao político cabe ser carismático, falar com franqueza, transmitir seriedade, resumir seus projetos, decorar nomes e nomes, estar antenado 24 horas por dia sobre os acontecimentos do bairro e na cidade, sob risco de ver eventos políticos relevantes na sua cidade e ele o político tratando de corrupção ou de interesse de cidades distantes, em busca de apoiamento já para as próximas eleições. Todos saem na foto, menos o político local. Neste caso a ausência só se justifica caso o político preferir ou é sacanagem, crocodilagem e desrespeito de adversários escrotos. Assim estará criado o ranço, a maldade política.

Neste momento em que PT, PSDB e PMDB estão em baixa, a hora indica expressiva renovação política por todos os Brasis.

Então, nesta reta final das eleições municipais, o mais importante é chegar decidido na urna e votar no seu candidato.

Eleito, o político vereador ou prefeito será representante de todos e sem perseguições. Ou estará morto politicamente falando. Nicolau Maquiavel (1528) disse que todo político é maldoso. Acrescento que depois melhora, sendo omisso, ganancioso, empenhado, maldoso, alegre, desprendido ou como dizem maquiavélico (aquele que dá com uma mão e cobra com a outra) visando benefício próprio ou familiar.

Nas Eleições Municipais deste ano, o grande diferencial será sem dúvida a exploração dos candidatos nas mídias sociais, como ferramenta de fundamental importância na sedução aos eleitores, principalmente os indecisos.

propaganda-eleitoral-na-internet

Brasil em números

Neste domingo, 02 de outubro, 144 milhões, 088 mil e 912 brasileiros irão às urnas para votar para prefeito e vereador.

Nestas Eleições Municipais são 16.564 candidatos a prefeito, 16.951 vice-prefeito e 463.374 candidatos a vereador, nos 5.568 municípios brasileiros.

Desta forma, tem candidatos para todos os gostos e opções, cabendo ao valorizado eleitor escolher o seu fiel representante e dele cobrar resultados.

166ae4cb-79a4-4c96-9783-36debba3928b

35 Partidos políticos registrados no TSE

1 – PMDB -PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO -15

2 – PTB – PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO – 14

3 – PDT – PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA -12

4 – PT – PARTIDO DOS TRABALHADORES – 13

5 – DEM – DEMOCRATAS – 25

6 – PCdoB – PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL – 65

7 – PSB – PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO – 40

8 – PSDB – PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA- 45

9 – PTC – PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO – 36

10 – PSC – PARTIDO SOCIAL CRISTÃO – 20

11 – PMN – PARTIDO DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL – 33

12 – PRP – PARTIDO REPUBLICANO PROGRESSISTA – 44

13 – PPS – PARTIDO POPULAR SOCIALISTA -23

14 – PV – PARTIDO VERDE -43

15 – PTdoB – PARTIDO TRABALHISTA DO BRASIL – 70

16 – PP – PARTIDO PROGRESSISTA – 11

17 – PSTU – PARTIDO SOCIALISTA DOS TRABALHADORES UNIFICADO -16

18 – PCB – PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO – 21

19 – PRTB – PARTIDO RENOVADOR TRABALHISTA BRASILEIRO -28

20 – PHS – PARTIDO HUMANISTA DA SOLIDARIEDADE -31

21 – PSDC – PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA CRISTÃO – 27

22 – PCO – PARTIDO DA CAUSA OPERÁRIA – 29

23 – PTN – PARTIDO TRABALHISTA NACIONAL – 19

24 – PSL – PARTIDO SOCIAL LIBERAL – 17

25 – PRB – PARTIDO REPUBLICANO BRASILEIRO – 10

26 – PSOL – PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE – 50

27 – PR – PARTIDO DA REPÚBLICA – 22

28 – PSD – PARTIDO SOCIAL DEMOCRÁTICO -55

29 – PPL – PARTIDO PÁTRIA LIVRE – 54

30 – PEN – PARTIDO ECOLÓGICO NACIONAL -51

31 -PROS – PARTIDO REPUBLICANO DA ORDEM SOCIAL -90

32 – SD – SOLIDARIEDADE – 77

33 – NOVO – PARTIDO NOVO – 30

34 – REDE – REDE SUSTENTABILIDADE – 18

35 – PMB – PARTIDO DA MULHER BRASILEIRA – 35

45 Partidos em Formação

Fontes:

http://www.tse.jus.br/eleicoes/estatisticas/estatisticas-eleitorais-2016/eleicoes-2016

http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/divulgacao-de-candidaturas-e-contas-eleitorais

http://www.tse.jus.br/partidos/partidos-politicos/registrados-no-tse

http://www.tse.jus.br/partidos/partidos-politicos/partido-em-formacao

Carlos Evangelista é jornalista (ESEEI) e especialista em Sociologia Política (UFPR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: carlosevangelistajor - 28 de setembro de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: