//
você está lendo...
Carlos Evangelista, Comunicação Política, Uncategorized

Instabilidade política, desemprego, inflação e recessão econômica preocupam os brasileiros no início de 2016

imagesmjkloi

Tags:

Desemprego, Dólar elevado, Inflação, Recessão profunda

 

Entremeio as doces ilusões, vícios e desejos, real é saber como está caro viver. O salário achatado desaparece rapidamente na carestia da cesta básica, combustível, lazer e eternos pagamentos de impostos, taxas de serviço de água, celular, luz, telefone, gás, tv, e muitas outras ilusões.

Imagem_37

Com o dólar atingindo R$ 4,16, a economia do Brasil começou janeiro de 2016 evidenciando a inflação galopante, instabilidade política, corrupção no petrólão e vemos o Banco Central mantendo a taxa de juros na casa dos 17% ao mês, ou a 558,51 ao ano, variando de acordo com as instituições financeiras, e tudo na legalidade em obediência ao sistema financeiro nacional. As contas públicas não fecham; o governo gasta mais do que arrecada. E isto afeta diretamente a população, seja no pagamento das altas taxas de juros no cartão  de  crédito,  cheque  especial ou  outras operações financeiras repercutindo no preço dos alimentos e na montagem  da  inflação e por  aí  vai.

AAAAINFLA__O2015

Faltando credibilidade e confiança o Banco Central se mostra inerte no combate a inflação e isto afugenta o investidor e, por conseguinte provoca o desemprego. Em 2015 cerca de 1,5 milhão de pessoas perderam o emprego no Brasil.

Se o momento é de expectativas no mercado financeiro brasileiro, os EUA cresce e mantém o emprego, para evitar a inflação, seguindo cartilha do FMI. Enquanto isso a Europa pretende estimular a economia mundial, mas o preço do barril de petróleo continua subindo.

direito-seguro-desemprego

Em 2015, o Brasil registrou o maior índice de desemprego (1,5 milhão de demissões) sendo a indústria, a construção civil, serviço e comércio os setores mais afetados. Assim sendo, com a instabilidade política, recessão profunda, investir no Brasil requer cautela ao ver a arrecadação em queda na previdência, inadimplência no comércio, etc., o que poderá agravar ainda mais a economia nacional no decorrer deste 2016 que começa alertando o consumidor  o quão difícil será.

Não obstante, o ex-ministro José Dirceu amarga cinco meses de cadeia em Curitiba, porém, mantém-se calado e vivo. Zé Dirceu é envolvido e pivô do esquema Lava Jato, Petrolão, etc, maior rombo financeiro do país usando as benesses do poder político para montar quadrilha e roubar os cofres públicos durante o governo do PT.

Fontes:

http://www.bcb.gov.br/pt-br/sfn/infopban/txcred/txjuros/Paginas/RelTxJuros.aspx?tipoPessoa=1&modalidade=215&encargo=101

http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2015-12/brasil-fecha-2015-com-aumento-no-desemprego

ww.pf.gov.br/institucional/pf-pelo-brasil/parana/superintendencia-regional-do-parana

http://www.pf.gov.br/agencia/estatisticas/operacoes/2014/pr-lava-jato/base_view

Carlos Evangelista é jornalista (ESEEI) e especialista em Sociologia Política (UFPR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

 

 

Anúncios

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: carlosevangelistajor - 23 de janeiro de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: