//
você está lendo...
Uncategorized

RÁDIO: breve história da radiodifusão no Brasil; 1893/2015

spriofm_radio3

Tags:

Comunicação, Equipamentos, Locutores, Radialistas, Radiodifusão, Ouvintes

Neste dia 7 de novembro é comemorado o Dia do Rádio, ou do Radialista em 21 de setembro. Aproveitamos a data comemorativa para um breve resumo sobre a história do rádio.

1863 – O inglês James Clerck Maxiwell, demonstrou a provável existência das ondas eletromagnéticas. Era o início de tudo. O início do rádio.

1887 – O alemão Henrich Rudolph Hertz fez saltar faíscas através do ar que separavam duas bolas de cobre. Por causa disso os “quilociclos” passaram a ser chamados de “quilo hertz”.

1896 – Até esta data o rádio era apenas “telegrafia sem fio”, algo bastante útil para a época.

1897 – Oliver Lodge inventou o circuito elétrico sintonizado, possibilitando selecionar a frequência desejada. No mesmo ano Lee Forest, desenvolveu a válvula tríodo. Vonlieben, alemão e o americano Armstrong conseguiram amplificar e produzir ondas eletromagnéticas de forma contínua.

No Brasil

fone-de-ouvido

No Brasil, o padre gaúcho Roberto Landell de Moura construiu vários aparelhos importantes para a história do rádio, expostos ao público em 1893. Esses aparelhos possibilitam: telefonia com fio, telefonia sem fio, telegrafia fonética sem fio.

1890 – Landell previa a telegrafia sem fio, a radiotelefonia, a radiodifusão, os satélites de comunicação e os raios laser. Dizem que o padre Landell era o verdadeiro “Júlio Verne” das ondas sonoras.

1900/1904 – Nos Estados Unidos foram anos e anos de pesquisas até 1916 quando Lee de Forest fez instalar a primeira estação-estúdio de radiodifusão, em Nova Iorque, quando aconteceu o primeiro  programa de rádio conhecido. Eram conferências, músicas e gravações. Surgiu também o primeiro registro de radio jornalismo, com a transmissão da apuração dos votos para a eleição do presidente dos Estados Unidos.

1922 – A primeira transmissão de rádio oficial no Brasil foi o discurso do presidente Epitácio Pessoa, na comemoração do centenário da independência do Brasil, no dia 7 de setembro de 1922, no Rio de Janeiro. O discurso foi na Praia Vermelha e o transmissor foi instalado no alto do Corcovado pela equipe do americano Westinghouse.

1923 – O pai do rádio brasileiro foi Edgard Roquete Pinto, fundador da primeira estação de rádio brasileira. A Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, atual Rádio Mec.

Anos 30 – O Boom do Rádio no Brasil.

No início de 1930 o Brasil já tinha 29  emissoras de  rádio.

1931 – É fundada a PRBG – Rádio Record de São Paulo. No mesmo ano é transmitido o primeiro jogo de futebol ao vivo.

Nicolau Tuma inventou o termo “radialista”.

1934- É criada a Rádio Difusora.

1935 – Assis Chateaubriand inaugura no Rio de Janeiro a PRG-3 – Rádio Tupi do RJ.

1936 – É inaugurada a Rádio Nacional do RJ, com uma vasta programação contendo músicas, notícias, novelas, programas de auditório,  transmissão esportiva,  etc.

1941 – Surge o primeiro jornal falado do rádio brasileiro. O grande jornal falado Tupi de São Paulo. Surge o “Repórter Esso”, o mais importante noticiário brasileiro de todos os tempos, apresentado por Romeu Fernandes.

1950 – É inaugurada a primeira emissora de televisão brasileira; TV Tupi de SP.

1951 – É inaugurada a TV Tupi do RJ.

Nessa época pensava-se que a invenção da TV acabaria com o Rádio. Ledo engano. O rádio continua presente em mais de 80% dos lares brasileiros e por milhares e milhares de ouvintes e seus fones de ouvido.

2015: Rádio no Brasil

9.973 – radiodifusão/educativa e comercial

8.000 – radialistas

4.377 – Rádio comunitárias

radio-comunitaria

1.583 – Ondas médias

1.501 – Rádio FM

500 – Rádios educativas

72 – Rádios ondas tropical

66 – Rádios Ondas curtas

39 – rádios digitais

Milhares de rádio web

images (43)

Rádio celular/Smart fone

Streaming HD para rádios

Fontes:

www.aabert.org.br

www.brasil.gov.br

www.mc.gov.br

Carlos Evangelista é jornalista (ESEEI) e especialista em Sociologia Política (UFPR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Discussão

Um comentário sobre “RÁDIO: breve história da radiodifusão no Brasil; 1893/2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: