//
você está lendo...
Uncategorized

BETO RICHA OU ÁLVARO DIAS: Quem gosta menos de Professor?

alx_protesto-professores-curitiba-confronto-policia-20150429-0004_original

Tags: Autoritarismo, 29 de abril, 30 de agosto, Alep, Previdência do estado,

Foi fichinha a prepotência do ex-governador Álvaro Dias no dia 30 de agosto de 1988, contra os professores (…), em comparação com o abuso de autoridade por parte do atual governador Beto Richa-PSDB, neste último dia 29 de abril , que  ordenou (embora  não assume) a PM  disparar bala de borracha, bomba de  gás  lacrimogêneo,  bomba  de  efeito  moral, mordidas de cães, spray de pimenta…contra os professores para que os mesmos não atrapalhassem a intenção  do  governador em  fazer  aprovar, à força, na  Assembleia Legislativa  do Paraná, o projeto  sobre o  fundo  de previdência do estado (…), que visa o abocanhamento  do dinheiro  dos  servidores  estaduais para  sanar  problemas  financeiros  do  governo.

Aproximadamente 1.650 policiais militares foram convocados para coibir a entrada dos professores estaduais na galreia da ALEP, culminando no inevitável confronto, que deixou mais de duzentas pessoas feridas.

Parana

Obviamente que ao governador Beto Richa continua afirmando que a polícia agiu em legítima defesa. O secretário de segurança pública Fernando Franscichini se limitou a dizer que a ação policial seguiu ordens do comando da PM. O presidente da ALEP Ademar Traiano disse que a votação e aprovação do projeto da previdência ocorreu num clima de tranquilidade, ignorando o clima de guerra que acontecia no lado de fora da Assembleia Legislativa.

f_3c33282d-f7de-433f-805a-60a9e5cc82cc_foto2

Diante do ocorrido, o princípio democrático foi ferido, havendo ainda a possibilidade da intenção do governador ser barrada por inconstitucionalidade pelo Ministério da Previdência, além do Sindicato dos Professores mover ação judicial responsabilizando o governador Beto Richa, o presidente da ALEP, Ademar Traiano e o secretário de segurança Fernando Franscischini pelo excesso de violência evidenciando o  abuso  de  autoridade.

Lamentável é saber que tudo isso poderá dar em nada, porém, o capital político de Beto Richa, Traiano, Francischini, Romanelli e deputados que votaram favoráveis desde já, sem sombras de dúvidas, está prejudicado.

11208674_821250887930160_3014139692440868602_n

Contudo, cabe ao Ministério Público analisar e responsabilizar tais abusos, seja por parte dos policiais, professores, comandantes e demais atores envolvidos no lamentável episódio que põe o Paraná na triste condição de estado autoritário, que desrespeita e fere a já capenga democracia brasileira.

Fontes:

http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/confira-como-cada-deputado-votou-no-projeto-de-lei-da-paranaprevidencia-7mi75lsdf2wtvv781wespo3wc?ref=aba-mais-lidas

www.bandab.com.br

www.paranaonline.com.br

www.portalradiomais.com.br

www.rpc.com.br

Carlos Evangelista é jornalista (ESEEI) e especialista em Sociologia Política (UFPR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Discussão

2 comentários sobre “BETO RICHA OU ÁLVARO DIAS: Quem gosta menos de Professor?

  1. Sabe que tive a impressão que são, realmente, atores como você fala? Cada um representando um lado estranho de uma peça ruim.

    Publicado por marielfernandes | 30 de abril de 2015, 8:48 pm

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: carlosevangelistajor - 30 de abril de 2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: