//
você está lendo...
Carlos Evangelista, Poesia

Quero dela ser

images (9)

Preciso cantar um canto de amor

Antes, necessito extravasar a dor

De não saber conquistar uma mulher

Uma companheira,

Um anjo, uma musa;

Uma flor.

 

Se demonstro bem querer, sou leviano

Se eufórico e gentil, sou meloso

Tento agradar, falar de sexo, ser carinhoso,

Cito Deus,

Que nada, perco feio;

Achas que sou profano.

 

Posso a flor despetalar

Digladiar com os espinhos

Mas de nada me valerá

Vê-la triste a murchar

Minha ilusão;

Quero dela ser.

sensu7

Carlos Evangelista é jornalista (ESEEI) e especialista em Sociologia Política (UFPR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

 

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: