//
você está lendo...
Carlos Evangelista, Comunicação Política, Uncategorized

PARANÁ: 8 Candidatos disputam o governo do Estado

mapapr

Oito candidatos disputam o governo do Paraná nas eleições de outubro de 2014. As propostas para o mandato 2015/2018 vão desde continuidade da atual administração – centrada na social democracia, modelo de administração que interfere o mínimo possível na economia -, focada prioritariamente no fortalecimento do aparato de segurança, como forma de sustentação ao poder, honrando a rigor o pagamento do funcionalismo público, com parcas sobras para investimentos sociais e muito menos ainda às obras de infraestrutura tão necessárias nas mais diversas áreas, passando pelas promessas de incentivos irrestritos à agricultura, agroindústria, microempresas, combate a carestia nas praças de pedágios, melhoria no Porto de Paranaguá, chegando alguns candidatos já acenarem para a legalização da maconha.

litoral

O PSOL, por exemplo, vê o Paraná como um Estado desigual e oligárquico e promete mudar tal quadro. O PT vem com um discurso centrado em garantir espaços e oportunidades para a expressão empreendedora e inovadora dos paranaenses e das paranaenses, com base no diálogo e na participação. O PMDB vai propagar a ideia de que é preciso recuperar a capacidade de planejamento e de gestão do Estado, sem o que a  administração tende à desordem, ao desperdício de recursos e à  anarquia  orçamentária,  sendo  a  educação o  diferencial  entre o progresso  e  o  atraso. O PSTU faz indagações sobre o tema estatização: qual a natureza das empresas estratégicas, como Sanepar, Copel, TV Pública, estatais, privadas, mistas? E propõe uma educação pública gratuita, laica e de qualidade, além da legalização da maconha e outras drogas ilícitas. O PTC preferiu não divulgar suas propostas. O PRTB propõe a criação de bolsa professor, privatização dos presídios estaduais. O PRP prega a redução de secretarias e órgãos da máquina administrativa estadual; redução de cargos de confiança, combate ao nepotismo, denunciar e combater a corrupção dos agentes públicos. O PSDB aposta na recuperação da credibilidade política e na restauração da segurança jurídica pautada na razão e na ação, sendo o Estado um agente formulador e regulador/financiador e fomentador/executor e fiscalizador.

Paraná: Candidatos a governador e seus respectivos vices:

50 – Bernardo Seixas Pilotto – PSOL

Partido Socialismo e Liberdade

Bernardo Piloto

http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/PR/candidato/160000000002/idarquivo/8?x=1405859018000160000000002

Servidor público federal, carioca, com 30 anos de idade

Vice: Maicon Fernandes Palagano

Paranaense, com 30 anos de idade

505 – Senador: Luiz Romeiro Piva

Suplente: Sergio Ferreira

 

45 – Carlos Alberto Richa – PSDB

PSDB / PROS / DEM / PSB / PSD / PTB / PP / PPS / PSC / PR / SD / PSL / PSDC / PMN / PHS / PEN / PT do B

Beto Richa

http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/PR/candidato/160000000558/idarquivo/3225?x=1405859018000160000000558

Engenheiro, paranaense, com 49 anos de idade

Vice: Maria Aparecida Borghetti

Catarinense, com 49 anos de idade

456 – Senador: Álvaro Fernandes Dias

Suplente: Severino Araújo

 

28 – Geonísio Marinho – PRTB

Partido Renovador Trabalhista Brasileiro

Geonísio

http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/PR/candidato/160000000632/idarquivo/3641?x=1405859018000160000000632

Economista, paranaense de 56 anos de idade

Vice: Rodrigo Carlo Sottile

Paranaense de 41 anos de idade

282 – Senador: Adilson dos Santos Silva

Suplente: Batista Leite

 

13 – Gleisi Hoffmann – PT

PT / PDT / PC do B / PRB / PTN

Gleisi

http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/PR/candidato/160000000645/idarquivo/7961?x=1405859018000160000000645

Senadora, paranaense, com 49 anos de idade

Vice: Haroldo Ferreira

Mato-grossense de 69 anos

650 – Senador: Ricardo Gomyde

Suplente: Paulo Pratinha

 

44 – Ogier Buchi – PRP

Partido Republicano Progressista

Ogier

http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/PR/candidato/160000001022/idarquivo/6065?x=1405859018000160000001022 

Advogado, paranaense de 63 anos de idade

Vice: Valfredo Dzazio

Paranaense de 63 anos de idade

444 – Senador: Mauri Viana Pereira

Suplente: Paulo Tinoco

 

15 – Roberto Requião de Mello e Silva – PMDB

PMDB / PV / PPL

Requiao

http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/proposta/eleicao/2014/idEleicao/143/UE/PR/candidato/160000000324/idarquivo/2389?x=1405859018000160000000324

Senador, paranaense de 73 anos de idade

Vive: Cleusa Rosane Ribas Ferreira

Paranaense de 51 anos de idade

151 – Senador: Marcelo Beltrão de Almeida

Suplente: Herculano Lisboa

 

16 – Rodrigo Tomazini Dias – PSTU

Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado

Rodrigo

http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/eleicao/2014/idEleicao/143/cargo/3/UF/PR/candidato/160000001091#tab-propostas 

Servidor público, paulista de 36 anos de idade

Vice: Érika Andreassy

Paranaense de 41 anos de idade

160 – Senador: Evandro José Castagna

Suplente: Marcos Aurélio

 

36 – Tulio Marcelo Dening – PTC

Partido Trabalhista Cristão

Tulio

http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/eleicao/2014/idEleicao/143/cargo/3/UF/PR/candidato/160000001250#tab-propostas

Advogado, paranaense com 41 anos de idade

Vice: Ulisses Sabino Nogueira

Paranaense de 58 anos de idade

360 – Senador: Luiz Antônio Barbara

Suplente: Helen Chalegre

Vale lembrar que além dos oito candidatos a governador e seus respectivos vices, o Paraná apresenta:

images (18)

8 – Senadores e seus respectivos suplentes (que disputarão uma vaga ao Senado Federal)

323– Deputado federal (30  vagas)

828– Deputado estadual (54 vagas)

Outra observação que o eleitor deve estar ciente diz respeito ao suplente de senador (exemplo disso ocorreu na última eleição, quando o povo votou e elegeu a senadora Gleisi, mas quem assumiu foi o desconhecido Sergio Sousa, pois Gleisi aceitou ser ministra, simplesmente ignorando a decisão dos seus eleitores que não foram consultados se ela deveria ou não aceitar ser ministra).

Neste post os leitores e eleitores poderão também acessar as propostas dos candidatos, que servirão de bússola na hora do voto.

Fonte:

http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2014/sistema-de-divulgacao-de-candidaturas

Carlos Evangelista é jornalista (ESEEI) e especialista em Sociologia Política (UFPR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: carlosevangelistajor - 4 de agosto de 2014

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: