//
você está lendo...
Eder Silva, Política e Sociedade

Política como religião: vocação ou sujeição (ao sistema)?

311644_3924437723805_1142075696_n

Migalhas dormidas do teu pão
Raspas e restos, me interessam,
Pequenas porções de ilusão,
Mentiras sinceras me interessam – me interessam…
(CAZUZA & FREJAT, “Maior Abandonado”)
 

Dizem por aí que sobre Política e Religião não se discute. Eu me pergunto: E quando a Política é Religião? Podemos discutir aqui? Conjecturas, ao menos?

Não pense que vou falar aqui sobre os políticos religiosos, sobre o mensalão, eteceteras e tais… Não vou não. Não é esta música que quero dançar aqui.

Faço essa conexão (Política – Religião) no sentido de “alienação”, como bem definiu o amigo “Velho de Barbas”[1].

Weber acrescentou que o político, pra ser “vocacionado”, tem que ser “demagogo”, tem que ter um bom discurso, saber das necessidades ou vaidades do povo e prometer (sem a necessidade de cumprir, é claro). Tão somente tem que convencer, xavecar o povo ambicioso e néscio.

Mas, quando o discurso  dá na trave? Quando o político se depara com um povo esclarecido da situação, com os pés no chão? E daí, como fica a “fachada” do político? Demagogia ou hipocrisia? Agente ativo na dominação das massas ou agente passivo, refém do próprio sistema politizador que o sujeita? Que injeta em sua (in) consciência a doce ilusão de que uma só andorinha pode fazer verão, que ele pode se tornar um Sassá Mutema[2]?

De todas essas divagações que escrevo, só sei dizer uma coisa: Você, político, se não quiser cair na minha esquerda, não me prometa “nada”. Mas se quiser o meu repúdio, meu desprezo e meu desrespeito, é só você me prometer algo, dar uma de Salvador da Pátria!


[1] Inferência à Karl Marx, quando da sua conceituação de “religião como ópio do povo”, mas onde sugiro: política, ópio do político.

[2] Personagem da novela de Dias Gomes intitulada “O Salvador da Pátria”, sucesso nos fins dos anos 80.

Eder Silva é iniciante nas ciências sociais, especialista em Sociologia Política (UFPR); bacharel em Turismo (UP). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Sobre Eder Silva

I'm a outsider

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: