//
você está lendo...
Adriano Anovamente Woellner, Poesias e Pensatos

Saravá Brasi’s… Saravá o Refrão de Reclamações Proféticas!

manutenção

Aleluia Brasilenha! esperei a poeira baixar…

Mas ela pulverizou, elevou-se… tipo spray de pimenta… ( dos escravos do reino )

O sonoro efeito moral tá trans-moralizando o País das Tele-Expectativas… ( plin pluft )

O ruído permanece ecoando arruinando em greves, gritos e berros variados… ( sabor apimentado )

Sim é grave, é gravidez na puberdade (des)contrariando as leis, a lei da gravidade…

Até MÁFÉliciano e Cia aproveitaram a boquinha e saíram às ruas também, em nome do Dízimo…

E VEJA não é 1º de ABRIL… ( ou será que ainda é? )

E Organizações ShowMidianas insinuam “Governo X Povo”, quem vai ganhar com isso!?

Os Meios Instituídos estão no Meio e preferem a Torre de Babel… ( a dança do créu )

Do que a Queda dos Intermediadores das Leis sem papel…

Tiro no pé, ninguém qué, e tiro no olho? fiquemos de olho e ouvido abertos e de pé! ( na fé )

Especialistas analisam teorizam mas não há perdas para quem já estava perdendo perdido…

E é claro que não haverá mais tanto ganho pra quem sempre ganhou…

Então é preciso pensar as prioridades, a emergência, real necessidades…

Não deixeis cair em tentação, em promessa charlatânica, em milagre sedutor…

Tipo o ingresso-regresso para a eterna Céu-va Crucifixa…

Já vivemos na selva de pessoas perversas… já é cada um por si e grupos contra tolos…

Agora é muitos por muitos de nós… é desatar os nós e fechar o buraco entre-dentro de nós…

É tecer a tenda o tapete o cenário apropriado para o atual país de passado sempre presente absurdo…

O tapete já tava puxado, a mesa tava virada… é hora de ajustar os ponteiros da central, pra não virar em nada até o natal…

É preciso dizer, repetir o refrão revolucionante para trincarmos os tímpanos das estátuas (ainda) surdas…

Para rasgarmos a cortina que esconde o sol da meia noite, que vive noite e dia para aqueles que procuram a entrada da saída…

O Egito taí… a Turquia taí… o Brasil taquí… não são palavras ao vento, são vozes assombrando a velha masmorra e seus síndicos repugnantes…

*

Adriano Anovamente Woellner é bacharel em Gravura (EMBAP) e especializando-se em Educação em Valores Humanos (FIES). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Sobre a n➐w ame n t e

m e s m O u t r o

Discussão

2 comentários sobre “Saravá Brasi’s… Saravá o Refrão de Reclamações Proféticas!

  1. Bravo Adriano, continuemos colocando brazas nas cabeças dessas estátuas que se fazem de surdas. Que não fique apenas em palavras, mas que haja Luz onde as trevas teimam em semear o engano na mente incauta!

    Publicado por Eder Silva | 6 de julho de 2013, 6:11 pm
  2. valeu parcero… que as Palavras sejam pequenas perto das Ações!

    Publicado por anovamente | 17 de julho de 2013, 9:50 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: