//
você está lendo...
Adriano Anovamente Woellner, Poesias e Pensatos

É Conteúdo Explícito? Eu explico! (o prazer é todo nosso)

[ se o Conteúdo tá ‘bacanalizado’ e não muda, então, eu meto a boca e não mudo de assunto ]

jeitão óMen |Hi-TecnoRazãoUrbana| D’ter prazer

ó jeitão idólatra de praticar troca-trocas:

>> troca-se as mãos, a sutil subjetividade pela útil objetividade

>> troca-se as relações humanas (pessoais) por relações orgásmicas (impessoais)

& nessa relação de mercado está o óMen, a mulher e a infância descartável

o corpÚtil embalagem, precisa preencher a mentExcitada com bens de consolo (de consumo)

os centros, o cume, as capitais, o capital

e o capital de giro é capital humano

e o estoque é o corpo/rativismo

e a fatura é a mente/stosterona

e o global, a neoliberada é o coração artificial (que bate no bolso)

& os prazeres da Cultura, enveredou-se na Descultura do prazer?

& qual vai ser a moda outono/inverno? esquecer a primavera/verão?

& sem educação de Valor, aprende-se o real Valor da educação?

& é pela sedução-sexo-paixão que tudo começa (o abuso BioSocioMental)

na boquinha da garrafa, desamarra o tchan

e de camaro ou no fundo da fiorino

eu quero tchum tcha, tche, lek lek (delícia)

já tô cheio de tesão e cada vez eu quero mais

e no quadradinho de 8, na velocidade 6

ela é a mais mais, ela arrasa no look (é terrível)

e nessa dança sensual que faz bumbum mexê

ai se eu te pego (nossa, assim você me mata)

& é tanto sadoprazer que tô exausto de sifú

& se dér, quero também masoprazer (úh lá lá)

& por trás da tela-libertina é melhor ainda (si é)

& siga curta compartilhe do hino radioativo, ruidofônico (e pornofônico):

” fód, fód com tudu… tá fóda, a gente é fóda… e vamô, vamô fudê… que tudu é prazer em tá fudidu… “

Explicitando (se for necessário): a sexualidade não é o ‘mal’ e a Cultura popular não é o problema, problema são os ‘donos do Poder’ que elegem, se apropriam e rotulam, glamourizam e banalizam, vendem e lucram com a tal ‘cultura (sensualmente) povolar’. E ainda não satisfeitos, excluem toda a multiplicidade da inesgotável Cultura popular, em prol das populares Elites.

[ a libertação da sexualidade não é o fim da ‘família’, mas pode sim, ser o desvelar do ‘igregismo’, da hipocrisia ]

.

Adriano Anovamente Woellner é bacharel em Gravura (EMBAP) e especializando-se em Educação em Valores Humanos (FIES). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Sobre a nOw aMe n t e

m e s m O u t r o

Discussão

5 comentários sobre “É Conteúdo Explícito? Eu explico! (o prazer é todo nosso)

  1. Post (pensato) recomendado para assistir depois do Ratinho.

    Publicado por elicordeirojr | 6 de junho de 2013, 12:42 am
  2. Brincadeiras a parte, ontem eu acabei assistindo um pouco do “tal” programa, e o apelo visual (sensual) é muito grande, e idolatra os padrões físicos exigidos pela mídia, então esta é mais uma que se incorpora na cultura popular. Até a copa muito teremos a mostrar. hheheh. abs

    Publicado por elicordeirojr | 6 de junho de 2013, 8:02 pm
  3. E o deleite e todo nosso.

    Publicado por elicordeirojr | 6 de junho de 2013, 8:03 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: