//
você está lendo...
Carlos Evangelista, Resenhas

32º FESTIVAL DE TEATRO DE CURITIBA

o_festival_mostra
Uma semana cheia de atrações teatrais por toda Curitiba. É uma pena que o festival acaba neste domingo, dia 7 de abril.
Quem estava atento pode ver bailarinas dançando na Praça Tiradentes, grupos exóticos se apresentando no Largo da Ordem, o circo presente na Praça Santos Andrade, aqueles protótipos irreverentes na Reitoria. Até a maravilhosa e talentosa Renata Sorrah em “Esta Criança” e muito, mas muito mais.
No fervilhamento das apresentações uma chamou a atenção dos conservadores e porque não dizer preconceituosos curitibanos, falo daquela peça do pessoal de Florianópolis que distribuía cartas de baralho para definir o final da apresentação se seria nos trajes já vistos, roupas íntimas ou nudez total do elenco em praça pública, em plena Curitiba. Deu até polícia repreendendo o fim prenunciado.
Certo é que o festival nacional de teatro de Curitiba, renova, revoluciona e quebra tabus a cada edição. Sem falar as peças previamente censuradas pela organização do evento. Foi uma semana atípica com gente diferente pelas ruas, homens sem camisa, mulheres seminuas, marmanjos esquisitos. Seria isto o teatro como expressão máxima da liberdade do homem?
Curitiba é um palco das melhores peças teatrais do Brasil, com exibições que vão do Teatro Guairá, ao Boqueirão.
No entanto o teatro continua sendo para muitos uma questão de Ser ou não ser… como afirmou Shakespeare. Nesta edição, o 32º Festival de Teatro de Curitiba 2013, que vem sendo realizado de 26 de março ao dia 7 de abril de 2013, este ano reúne 32 espetáculos e marca o início da trajetória de oito desses que fazem sua estréia nacional no evento.
festival_de_teatro_de_curitiba_20130130102439
Os espetáculos selecionados apresentam o rico e diverso panorama atual das artes cênicas brasileiras e mostram o apagamento de fronteiras geográficas e de linguagens, com preços das apresentações sendo grátis, R$30,00 a R$60,00.
Fonte: http://www.festivaldeteatrodecuritiba.com.br

Carlos Evangelista é jornalista (ESEEI) e especialista em Sociologia Política (UFPR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: carlosevangelistajor - 9 de abril de 2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: