//
você está lendo...
Economia e Negócios, Vinícius Armiliato

O que o Sr. Walmart faz aos domingos?

Ontem, domingo à noite, resolvi fazer um rancho no Walmart.

Cheguei ao caixa e a “associada” do Walmart, que não tem participação nos lucros, apesar do bom eufemismo, que ganha em torno de R$ 700 para trabalhar no Cabral, domingo à noite, morando no Alto Boqueirão, e tem que agüentar clientes reclamando porque há muita fila, e que tem que ser assaltada na rua de casa à meia noite e oito quando volta do trabalho, e que tem síndrome do pânico em decorrência do assalto, e tem que ir ao psicólogo e ao psiquiatra, e tem que ter atestado de 10 dias e que sente uma sensação ruim no estômago quando vê que está chegando a hora de ir para o trabalho, e que está com dor no pulso porque, apesar de estar registrada como operadora de caixa, realiza serviço de empacotadora também, e que tem que trabalhar dois domingos para ganhar um de folga, e que tem outro emprego, porque tem um projeto de vida, passou os meus produtos para eu vir até a minha casa, digitar esse texto e apelar para mim e para o mundo: não demos mais motivos para que precise ter alguém trabalhando aos domingos nessas condições, por nós. Esperemos ser atendidos pelos DONOS desses supermercados e dessas lojas dos Shoppings Centers.

Onde estará o Sr. Walmart, que fez eu me sentir envergonhado por ter reclamado do tamanho da fila com uma funcionária que ganha menos de R$ 1000,00, e trabalha no domingo à noite? Mando um e-mail a ele para perguntar? E se ele for uma “pessoa jurídica”, com que eu falo?

Possíveis diálogos

O site do Walmart diz:

“Lançado em julho de 2008, o Bombando Cidadania é o primeiro programa próprio realizado pelo Instituto Walmart com foco em Desenvolvimento Local […] O programa promove atividades integradas destinadas a Cultura, Educação, Meio Ambiente e Saúde, e Geração de Renda para transformar a realidade da Bomba, levando mais cidadania aos seus moradores.” (confira)

Nós podemos dizer:

– E como vão seus funcionários, Sr. Walmart?

O site do Walmart diz:

“O Walmart atende seus clientes mais de 200 milhões de vezes por semana, em mais de 10.000 lojas de 69 bandeiras em 27 países. Com faturamento de US$ 443,9 bilhões em 2011, a companhia emprega 2.2 milhões de funcionários ao redor do mundo e está entre os 10 primeiros varejistas da pesquisa Empresas mais Admiradas de 2010, da revista Fortune.” (confira)

Nós podemos dizer:

– Sr. Walmart, o Sr. está me ouvindo? E como vão seus funcionários? Que bom que o Sr. emprega 2.2 milhões de pessoas e faturou R$ 443,9 bilhões em 2011. Eu ouvi essa noite no mercado: “Associada Maria, favor comparecer à frente de caixa…”. Associada? E qual é a participação da Maria nos lucros? A operadora de caixa me disse que ganhava menos de R$ 1000,00 por mês. Dividindo US$ 443,9 bilhões por 2,2 milhões é igual a 201.772,72 dólares! Ah, o Sr. deve ter muitas despesas para não conseguir dar salários melhores e contratar mais funcionários, né, Sr. Walmart?

O site do Walmart diz:

“Engajar seus mais de 81 mil funcionários e criar condições para que desenvolvam seus talentos é uma das estratégias do Walmart Brasil sintonizada com o desenvolvimento sustentável dos negócios. Para executá-la, a empresa norteia suas ações considerando o respeito ao indivíduo, o que inclui valorização da diversidade e manutenção de ambientes de trabalho saudáveis e motivadores.” (confira)

Nós podemos dizer:

– Hum, é nessas condições para que os funcionários desenvolvam seus talentos e no respeito ao indivíduo que entra o projeto de vida da Maria?

É Sr. Walmart, hoje em dia vale a pena tem um bom publicitário.

Vinícius Armiliato é psicólogo clínico (PUC-PR), artista (FAP) e mestrando em Filosofia (PUC-PR). Este artigo reflete as opiniões do autor. O site não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Anúncios

Discussão

7 comentários sobre “O que o Sr. Walmart faz aos domingos?

  1. o pior caro Vinicius,é que ainda escutaremos “se fosse mais esforçada, teria um emprego melhor”.

    Publicado por Letícia | 18 de junho de 2012, 6:34 pm
    • Tem outras também: “Com tantas oportunidades por aí de emprego e de formação profissional, como pode não aproveitar!”

      Seja empreendedor de si mesmo!
      Mantenha-se atualizado no mercado de trabalho!
      Ajude seu patrão a gastar menos!

      é assim que está a coisa!

      Publicado por viniciusarmiliato | 19 de junho de 2012, 12:32 am
    • Tem outras também: “Com tantas oportunidades por aí de emprego e de formação profissional, como pode não aproveitar!”

      Seja empreendedor de si mesmo!
      Mantenha-se atualizado no mercado de trabalho!
      Ajude seu patrão a gastar menos!

      é assim que está a coisa!

      (boa semana, Letícia!)

      Publicado por viniciusarmiliato | 19 de junho de 2012, 12:32 am
  2. No site pelo menos o título faz um pouco mais jus à realidade: “capital humano”. Parece que tentaram fugir do esteriótipo horrível “recursos” humanos, mas creio que ficou ainda pior, os trabalhadores são 700,00 ou 1000,00…

    Gostaria de comentar algo que pude ver na França, lá, domingo é dia de descansar, até o maior mercado da cidade fecha as suas portas. Ficam abertos somentes os comércios mais turísticos, restaurantes e afins, umas poucas farmácias. E enquanto a Leroy-Merlin legítima dispensa todos seus funcionários no domingo, a filial dela no Brasil trabalha a todo vapor.
    Enfim, o que eu queria pontuar bem superficialmente aqui, é que não é somente o walmart o malvado da história, mas também a nossa cultura do “24h”, e, portanto, nós mesmos, reprodutores dessa cultura que achamos um absurdo deixar de comer pão fresquinho no domingo de manhã.

    Publicado por Luiza | 19 de junho de 2012, 10:21 pm
    • É interessante o uso dos termos mesmo. Sempre há uma correlação com a economia. Tudo é quantificável em termos econômicos: “capital” humano é um exemplo bom. Ficou pior!
      Concordo contigo, nós contribuímos com relação à abertura desses estabelecimentos aos domingos e à exploração dos trabalhadores.
      E o Walmart é um dos muitos estabelecimentos… ou nem seria o Walmart, seria a cultura do 24 horas mesmo.
      Um abraço e obrigado por comentar!

      Publicado por viniciusarmiliato | 20 de junho de 2012, 10:57 am
  3. A gerência dos supermercados Walmart é péssima, os salários dos funcionários é tão baixo, que não dá para sobreviver, além de ter que trabalhar aos domingos, e a família como fica? os filhos?. No caso dos solteiros, como fica a namorada, se o indivíduo ter que trabalhar aos domingos vai levar um pé na bunda da namorada, mesmo, tem que se qualificar, não escutar gerente e seguir em frente, reunião de piso, duas vezes por semana, não para elogiar, mas sim para criticar…

    Publicado por Claudio Dornelles | 4 de julho de 2013, 11:02 pm
  4. trabalhei 4 anos no walmart marilia… fui gerente ..entrava as 7 da manha e naoo tinha hora pra ir embora .. qndoo tinha visita ..tinhamos q varrer o patio .. de madrugada para dxar a loja perfeita para os chefao …toda semana mandava um funcionario embora .. e os gerentes q naoo batia cartao de ponto tinha q fazer o serviço de repositores de empacotador e de frente de caixa…cm um salario de mil reais ..trabalava mais de 14 horas por dia … e msmoo assim fui mandado embora ..pq falaram q meu serviço nao estava sendo feito correto … Agora eu perguntoo quem consegue efetuar um bom trabalho em uma carga horaria dessa ? entrava em cama de congelado sem IPI , pq o WALMART alegava q naoo tinha verba .. PIADA ISSO …. hoje estou na justiça contra essa multinacional exploradora…AH FA FIKEI MAIS DE 2 MESES SEM FOLGAR …..VERGONHA ISSO ACONTECER NOS DIAS DE HOJE …..

    Publicado por mrsj | 11 de agosto de 2013, 11:58 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: